/Cuidados com os Produtos
Cuidados com os Produtos 2018-09-09T18:17:52+00:00

Como Cuidar do seu Jaleco

O jaleco é a peça de roupa que melhor representa os profissionais de saúde. Símbolo de profissões tão respeitadas, a peça pede alguns cuidados especiais para que tenha sua duração prolongada, seja usada da forma correta e esteja sempre o mais limpa possível.

Como Lavar seu Jaleco

Para lavar seu jaleco da forma correta, o primeiro ponto a se ter cuidado é o produto que será aplicado nele. Jalecos jamais devem ser lavados com produtos de limpeza com cheiro forte, pois o cheiro ficará na peça e poderá causar transtornos durante seu uso, ou produtos com elementos químicos fortes que possam prejudicar a saúde de um paciente.

Para não ter dúvidas na hora de lavar seu jaleco, siga essas dicas básicas:

– Deixe-o de de molho em sabão neutro por aproximadamente uma hora;

– Caso não seja possível realizar a lavagem à mão, utilize o modo de roupas delicadas da máquina de lavar ou coloque seu jaleco dentro de um saquinho para peças delicadas;

– Jamais use alvejantes ou água sanitária e evite o uso de amaciantes, principalmente os com perfume;

– Não lave seu jaleco com peças de uso cotidiano e, muito menos, com itens coloridos;

– Seque seu jaleco na sombra e passe com o ferro em baixa temperatura

É sempre bom lembrar que os jalecos precisam ser lavados no mínimo uma vez na semana, sendo ideal que sejam higienizados por duas vezes.

Como Manter seu Jaleco Branco

Para garantir uma boa manutenção da cor branca em seu jaleco, além de todos os passos acima, invista em produtos desenvolvidos especialmente para peças brancas.

Entre esses produtos podemos destacar o OMO Tira Manchas Roupas Brancas e o Vanish Roupas brancas. Deixando seu jaleco branco de molho por cerca de 30 minutos em água misturada com um desses produtos, você conseguirá garantir sua brancura por mais tempo.

Como Tirar Manchas do Jaleco

Tirar manchas do jaleco pode ser um desafio. Algumas grudam na peça que parecem que nunca mais vão sair, mas com nossas dicas você irá conseguir tirar as manchas do seu jaleco com muita facilidade

Mancha de Sangue: deixe a peça de molho em água morna com vinagre ou bicarbonato de sódio.

Mancha de Suor: cubra a mancha com uma pasta feita de água fria e maisena e esfregue levemente. Outro produtos que pode ajudar é água oxigenada de até 30 volumes.

Mancha de Café: passar uma pedra de gelo no local da mancha já ajuda a facilitar sua remoção.

Lei Proíbe o Uso de Jalecos Fora do Hospital

Uma lei que proíbe o uso de jalecos fora de ambientes hospitalares e clínicos já foi sancionada em diversos estados e cidades do Brasil. O principal objetivo da lei é evitar a contaminação do ambiente hospitalar com bactérias e outros micro-organismos que podem ser carregados pelos jalecos.

No estado de São Paulo o uso dos jalecos fora do ambiente hospitalar pode até render uma multa no valor de R$174,00. Esse valor pode ser dobrado no caso de reincidência. Mas afinal, o que diz a “Lei do Jaleco”?

O projeto de lei nº757/2009 foi sancionado no estado de São Paulo em 8 de Junho de 2011, através da Lei Estadual nº14.466. Simples e direta, ela proíbe o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) fora do ambiente de trabalho. Seus artigos dizem o seguinte:

“Artigo 1º – Ficam todos os profissionais de saúde que atuam no âmbito do Estado proibidos de circular fora do ambiente de trabalho vestindo equipamentos de proteção individual com os quais trabalham, tais como jalecos e aventais.

Artigo 2º – O profissional de saúde que infringir as disposições contidas nesta lei estará sujeito à multa de 10 (dez) Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (UFESP), aplicada em dobro em caso de reincidência.

Parágrafo único – As penalidades decorrentes de infrações às disposições desta lei serão impostas, nos respectivos âmbitos de atribuições, pelos órgãos estaduais de vigilância sanitária.

Artigo 3º – As despesas decorrentes da execução desta lei correrão à conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário.

Artigo 4º – Esta lei entra em vigor na data de sua publicação.”

(Fonte: Site da Cremesp – Conselho Regional de Medicina de São Paulo)

Pesquisa sobre a contaminação dos jalecos:

Uma pesquisa realizada na PUC de São Paulo pelas alunas Débora Jukemura e Fernanda Dias Ribeiro, sob a orientação da professora Maria Elisa Zuliani Maluf, indicou a presença de bactérias em 95% dos jalecos testados. Além do número assustador, um dos micro-organismos encontrado nas peças era o Staphilococcus aureus, responsável por grande parte das infecções hospitalares.

Outro fato curioso observado na pesquisa é de que os jalecos apresentam mais bactérias às quintas-feiras do que nas segundas-feiras. Isso indica o descuido de alguns profissionais e hospitais com a higienização da peça, que deve ser realizada semanalmente ou, até mesmo diariamente.

Em relação a elevada taxa de contaminação, umas das estudantes do estudo diz: “Essa elevada taxa de contaminação pode estar relacionada ao contato direto com os pacientes, aliada ao fato de os micro-organismo poderem permanecer entre dez e 98 dias em tecidos, como algodão e poliéster’.

Como armazenar o jaleco corretamente?

Com ou sem lei, o ideal é que médicos, enfermeiros, dentistas e demais profissionais de saúde sejam cuidadosos com seus jalecos e os guardem assim que saírem de seu ambiente de trabalho. Caso o local não ofereça armários ou um local para o armazenamento adequado da peça, ele pode recorrer aos práticos porta-jalecos.

Os porta-jalecos são pastas com as dimensões e confeccionados no material adequado para o melhor armazenamento do jaleco. Com o tamanho aproximado de 30cm x 30cm, eles são feitos em tecidos resistentes, muitas vezes acolchoados, e seu fechamento é feito por zíper.

Aqui na Faíko temos diversos modelos de porta-jalecos em inúmeras cores e estampas. Entre as opções estampadas você encontrará modelos florais, em chevron, animal print, com caveirinhas, além de outras; entre as opções com escritos, temos as seguintes especialidades: enfermagem, biomedicina, estética, farmácia, fisioterapia, medicina veterinária, nutrição, odontologia e psicologia.

Os nossos porta-jalecos são feitos em material resistente e tem o tamanho ideal para caber dentro de bolsas, pastas e mochilas. Veja todas as nossas opções aqui

Maquiagem para o trabalho

Comentários desativados em Maquiagem para o trabalho

Maquiagem Para o Dia a dia A boa aparência faz parte da rotina de profissionais que têm contato direto com pacientes e público em geral. Uma roupa com bom caimento, cabelos arrumados e

Como Montar A Mala Para Congresso?

0 Comentários

Como Montar a Mala Para Viagem a Trabalho Viajar para congressos é uma tarefa bastante corriqueira na vida de muitos profissionais de saúde. Porém uma grande dúvida sempre surge na preparação dessas viagem:

Guia de Vestimenta no Ambiente de Trabalho

Comentários desativados em Guia de Vestimenta no Ambiente de Trabalho

Guia de Vestimenta no Ambiente de Trabalho A forma como nos vestimos tem grande impacto no conforto e bem-estar que teremos ao longo do nosso dia e na imagem que causaremos em nossos

Dicas de Lanches para o Plantão

Comentários desativados em Dicas de Lanches para o Plantão

Lanches Para o Plantão Muitos médicos e nutricionistas recomendam refeições de três em três horas, mas para quem vive a correria dos plantões essa missão pode ser complicada. Além de caro, é difícil

  • Moda no ambiente de trabalho hospitalar faiko jalecos

Moda no Ambiente de Trabalho

Comentários desativados em Moda no Ambiente de Trabalho

Moda no Ambiente de Trabalho O ambiente hospitalar pede vestimentas dentro de uma série de regras e com uma certa sobriedade, mas isso não impede que você agregue estilo e um toque de

  • qual o melhor tecido pra jaleco

Qual o melhor tecido para jaleco?

Comentários desativados em Qual o melhor tecido para jaleco?

Qual o Melhor Tecido para Jaleco? Na hora de escolher o seu jaleco sempre nos deparamos com a pergunta: Qual o melhor tecido para Jaleco? Apesar do tecido ser um ponto fundamental, também